Imagem1W

Ajuda Humanitária

Por conta das fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo nas últimas semanas, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, vinculada ao Ministério de Desenvolvimento Regional, publicou uma portaria, que reconhece o estado de calamidade em 16 municípios capixabas. Além das mortes milhares de pessoas estão desalojadas e desabrigadas. Todo o Espirito Santo se comoveu e campanhas de ajuda humanitária estão chegando na cidade.

O governador Renato Casagrande esteve no dia seguinte na cidade e descreveu como cenário de guerra o que encontrou no local.

A Defesa Civil decretou estado de calamidade e medidas estão sendo tomadas para recuperar a cidade.

O Corpo de Bombeiros disponibilizou 140 soldados para auxiliar as vítimas dessa tragédia inesperada. O Centro de Ensino Projeto Militar disponibilizou 40 Estagiários para auxiliar as pessoas que precisam de ajuda levando água e alimentos para essas pessoas.

Uma força tarefa envolvendo envolvendo o Exército, Marinha, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Defesa Civil, Guardas Municipais e demais órgãos foi criada para no socorro das vítimas e na reconstrução das cidades atingidas pelas fortes chuvas no estado do Espírito Santo. Segundo o Comando do Corpo de Bombeiros e o Gabinete Geral da Defesa Civil estadual, as Cidades mais atingidas foram: Iconha, Alfredo Chaves, Castelo e Vargem Alta

Reportagem: Assessoria de Comunicação Social

error: Conteúdo Protegido.

Atenção!

Não possuímos vínculo com o Ministério da Defesa e nem com nenhum cursinho preparatório particular.